GOVERNO DE ALAGOAS

Polícia Militar de Alagoas apresenta novos alunos do curso de Formação de Praças

No total, 135 remanescentes do concurso público da PMAL de 2006 iniciam o curso na próxima segunda-feira

Por Fábia Assumpção/ Secom em 06/05/2022 às 17:45:27

Marco Antônio

O governador Klever Loureiro participou, na manhã desta sexta-feira (6), da apresentação dos novos alunos do Curso de Formação de Praças da Polícia Militar de Alagoas. São 135 remanescentes do concurso público da Polícia Militar realizado em 2006, nomeados recentemente pelo governo.

A solenidade de apresentação dos soldados alunos ocorreu no auditório da Academia da Polícia Militar de Alagoas, no Trapiche da Barra, com a presença do alto comando da corporação.

O governador Klever Loureiro disse que o ingresso de novos praças na Policia Militar de Alagoas era um fato muito importante, não só para os aprovados no concurso, que aguardavam ansiosamente por suas nomeações, mas para suas famílias e toda a sociedade alagoana, que terá mais segurança com a chegada dos novos policiais.

"Esse momento muito me engrandece pelo respeito que tenho pela gloriosa Polícia Militar e por ter contribuído nesse curto espaço para nomeação desses policiais, que hoje ingressam na corporação para tornar a segurança do Estado mais forte. Todo o comando da PM tem dado um exemplo de como se faz segurança pública", destacou o governador.

Loureiro acrescentou que a nomeação desses novos policiais reúne o útil ao agradável: a necessidade do Estado de aumentar seu contingente e também conter a ansiedade de todos os aprovados no concurso de 2006. "Eles irão dar, juntamente com os demais companheiros de farda que já estão na Policia Militar, tranquilidade a milhões de pessoas que habitam o estado e necessitam dos serviços da PM", acrescentou o governador.

Após o encerramento da solenidade, o governador Klever Loureiro anunciou ainda que assinou na quinta-feira (5/5) o novo Código de Ética da Policia Militar de Alagoas, que vai balizar todas as ações da corporação e trará ganhos para a sociedade.

O comandante da Polícia Militar de Alagoas, coronel Wellington Bittencourt, disse que a apresentação dos novos alunos era um momento significativo no tocante ao reforço policial. "O chamamento não tem só a questão de operacionalidade, tem a questão social. São famílias que passam a buscar sua estabilidade, num processo que já se arrastava há anos", afirmou o comandante da PMAL.

O comandante da PM salientou que hoje o efetivo da Polícia Militar é de mais de 7 mil homens, e que, a cada três policiais a mais, ganha-se mais uma guarnição para fazer a segurança nas ruas. Segundo Bittencourt, a Polícia Militar de Alagoas, apesar de uma das menores do país, em termos de efetivo, é uma das mais reconhecidas no país por sua eficiência.

"Graças à atuação da Policia Militar, junto com outras forças de segurança, conseguimos tirar Alagoas do patamar de um dos Estados mais violentos do Brasil e até do mundo", ressaltou Bittencourt.

Curso de Formação

No total, foram nomeados 534 remanescentes do concurso público de 2006. Destes, apenas 135 apresentaram, dentro do prazo, a documentação exigida para se habilitarem ao curso de formação, que terá inicio na próxima segunda-feira, 9 de maio.

O curso, com duração de cinco meses (30 semanas), é dividido em três fases. "As primeiras três semanas serão de adaptação, conforme estabelecido no Projeto Pedagógico do curso", explica o comandante do Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (CFAP), tenente coronel Thayronilson Emery dos Santos.

O curso inclui formação de ordem técnica institucional, além de abordagem teórica de disciplinas importantes para a formação humanística do policial militar, como História e Cultura Organizacional; Ética, Cidadania e Direitos Humanos; Gerenciamento de Crises; atuação policial em ocorrências de pequeno potencial ofensivo, Psicologia das emergências; atuação policial na proteção dos direitos humanos de pessoas em situação de vulnerabilidade, entre outros.

Os soldados alunos também passarão por atividades de treinamento físico e absorção de informações para atuação no policiamento nas ruas, com acompanhamento de situações controladas por policiais da ativa em grandes eventos, a exemplo de jogos de futebol, shows e outros. Após a conclusão do curso, os soldados alunos que obtiverem a média mínima para aprovação em todas as disciplinas, passarão a atuar nas ruas como soldados combatentes.

Para o soldado aluno Carlos Stuart Homes Buriti Filho, a nomeação para o ingresso na Polícia Militar de Alagoas é a realização de um sonho para todos os nomeados. "A vontade que a gente tem agora é de disponibilizar todo nosso tempo, toda nossa força, todos os nossos pensamentos e abdicar de tudo da nova vida por essa Instituição que nos acolheu e abriga nesse momento, principalmente porque muitos de nós estávamos passando dificuldades e hoje, na vida militar, perante a Polícia Militar de Alagoas, já somos vitoriosos", afirmou.

Fonte: alagoas.al.gov.br

Comunicar erro
EQUATORIAL ENERGIA ALAGOAS