GOVERNO DE ALAGOAS

Mudança de fluxo na Área Azul do HGE: Na 1ª semana 363 pessoas são redirecionadas para as UPAs

Secretário da Saúde dialogou com os pacientes durante visita ao HGE

Por Neide Brandão em 02/12/2021 às 21:51:14

Olival Santos

Na primeira semana de mudan√ßa do fluxo de entrada da Área Azul do Hospital Geral do Estado (HGE), em Maceió, a porta de entrada da urg√™ncia pontuou 363 pessoas redirecionadas para as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs). Destas, 286 procuraram a unidade hospitalar no plant√£o diurno (7 às 19h) e 77 no per√≠odo noturno (19 às 7h).

O total de pessoas que passaram pela Classifica√ß√£o de Risco do HGE nos √ļltimos sete dias foi de 1.341, uma média de 190 por dia. Para se ter ideia desses n√ļmeros, a Área Azul recebia, antes das altera√ß√Ķes do fluxo, em média, 350 pacientes diariamente e quase 10 mil mensalmente. Isso porque, ela é a √°rea de maior fluxo do HGE, com o acolhimento de todos os tipos de patologias, a maioria delas referentes a causas cl√≠nicas.

Em visita à unidade hospitalar no in√≠cio da noite desta quinta-feira (2), o secret√°rio de Estado da Sa√ļde, Alexandre Ayres, ressaltou que a mudan√ßa do fluxo de entrada da Área Azul do HGE comprova a revolu√ß√£o que vem sendo feita na sa√ļde p√ļblica de Alagoas. Isso porque, segundo o gestor, primeiro foi organizada a Rede de Urg√™ncia em Maceió, com a abertura de seis novas UPAs, possibilitando que a popula√ß√£o possa receber atendimento de urg√™ncia sem necessitar buscar o HGE.


"Trabalhamos duro para melhorar o atendimento do HGE aqui na capital. Com a abertura de seis UPAs, localizadas nos bairros Benedito Bentes, Trapiche, Cidade Universit√°ria, Tabuleiro do Martins, Jacintinho e Jaragu√°, possibilitamos que a popula√ß√£o busque atendimento de urg√™ncia na regi√£o onde reside, indo para o HGE somente em casos de emerg√™ncia. Com esse direcionamento para as UPAs, contribu√≠mos para desafogar o maior hospital p√ļblico do Estado, como j√° vem acontecendo h√° uma semana", ressaltou Ayres, ao refor√ßar que Maceió vai ganhar mais uma UPA em breve, no bairro Ch√£ da Jaqueira.

Para o gerente do HGE, médico Paulo Teixeira, os n√ļmeros computados pelo HGE nesta primeira semana após a mudan√ßa do fluxo de entrada da Área Azul, revelam que algo de impacto vem acontecendo. "Nos √ļltimos dias, totalizamos menos de 200 atendimentos no hospital, incluindo todas as √°reas. A nossa média era de, aproximadamente, 450 por dia. Estamos no caminho certo para organizar a Rede de Urg√™ncia Estadual", destacou o médico Paulo Teixeira, gerente do HGE.

Constata√ß√£o – A secret√°ria Marcele dos Santos, de 35 anos, veio ao HGE alegando sentir dores e disse estar com pedras na ves√≠cula. Foi orientada sobre a assist√™ncia ao caso dela. A necessidade de acompanhamento via Unidade B√°sica de Sa√ļde (UBS) e cirurgia eletiva, dependendo da situa√ß√£o, via Sistema Regulador. "J√° passei numa UPA onde até me medicaram, fiquei com receio de agravar. As enfermeiras me explicaram como proceder direitinho", contou.

O paciente que procura o HGE, n√£o sendo emerg√™ncia, passa, primeiramente, pela Classifica√ß√£o de Risco, antes do Registro. A inten√ß√£o é fazer a triagem do paciente, conforme a queixa, e direcion√°-lo para a unidade de sa√ļde espec√≠fica para o caso.

J√° no caso de Nelson Claudino da Silva, de 68 anos, havia perfil para ficar internado no HGE, uma vez que seu quadro cl√≠nico precisava ser estabilizado e ele necessitava de acompanhamento multidisciplinar. Isso porque, ele é acamado, sequelado em raz√£o de ter sofrido o segundo Acidente Vascular Cerebral (AVCs), tem uma das pernas amputadas em decorr√™ncia da diabetes e suas costas est√£o com √ļlceras por press√£o.

Rede de Urg√™ncia – Janiery Batista, enfermeira respons√°vel pela Área Azul, explicou que nas Unidades B√°sicas de Sa√ļde (UBSs) devem ser atendidos aqueles pacientes que apresentem febre baixa, vômitos, diarreia e dores leves; além daqueles que necessitam retirar pontos cir√ļrgicos e fazer a troca de receitas.

As UPAs recebem pessoas com hemorragias, que necessitam de suturas e precisam fazer a extra√ß√£o de unhas ou que estejam com fraturas fechadas, uma vez que h√° ortopedistas de plant√£o todos os dias da semana, das 7h às 19h. Também devem ser assistidos nas UPAs, os pacientes com sintomas de infarto e de AVC, bem como, aqueles que estejam com press√£o alta ou que necessitam trocar sondas nasoenterais. J√° os Ambulatórios 24 Horas, atendem pacientes que apresentam vômitos e febres persistentes, dores moderadas ou necessitam fazer a troca de sondas vesicais de demora.

O HGE deve ser procurado em casos de choque, fraturas expostas, traumas, dor tor√°cica, perfura√ß√£o por arma de fogo ou arma branca, altera√ß√£o s√ļbita de consci√™ncia, obstru√ß√£o das vias aéreas, convuls√Ķes, dor intensa, grande e médio queimado, entre outros casos graves.

Fonte: saude.al.gov.br

Comunicar erro
EQUATORIAL ENERGIA ALAGOAS