GOVERNO DE ALAGOAS

Sesau Alerta: HGE só atende casos de emergência; urgências devem ser encaminhadas para as UPAs

Desde o último dia 25 de novembro os casos de urgência são triados na porta de entrada da Área Azul do HGE

Por Suely Melo em 03/12/2021 às 21:47:58

Carla Cleto

A maior unidade hospitalar de Alagoas, o Hospital Geral do Estado (HGE), mudou o seu perfil de atendimento e agora só recebe pacientes que apresentem casos de emerg√™ncia. Diante disso, a Secretaria de Saúde de Alagoas (Sesau) faz um alerta para a popula√ß√£o sobre em quais situa√ß√Ķes deve procurar a unidade. Os demais casos, entendidos como de urg√™ncia, devem ser encaminhados para as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs).

Antes, o HGE recebia todos os tipos de patologias, mas, na última quinta-feira (25), foi feita a mudan√ßa na porta de entrada da √Ārea Azul, que recebia pacientes de urg√™ncia. Com o objetivo de organizar a Rede de Saúde Pública e desafogar a maior unidade hospitalar do Estado, a unidade passou a realizar classifica√ß√£o de risco e atender os casos de emerg√™ncia, orientando que os de urg√™ncia procurem as UPAs.

A diferen√ßa entre urg√™ncia e emerg√™ncia é simples. Entende-se como caso de emerg√™ncia o paciente que precisa de assist√™ncia médica imediata, pois a situa√ß√£o implica em um risco grande de morte. J√° os casos de urg√™ncia, que n√£o s√£o mais atendidos no HGE, s√£o aqueles em que o paciente n√£o apresenta risco de morte, mas que podem evoluir para complica√ß√Ķes mais graves, sendo necess√°rio o encaminhamento para o plant√£o hospitalar.

Exemplos de situa√ß√Ķes que necessitam de atendimento emergencial s√£o: corte profundo, acidente de origem elétrica, picada ou mordida de animais pe√ßonhentos, hemorragia [forte sangramento], infarto agudo do mioc√°rdio [dor forte no peito], dificuldade respiratória, intoxica√ß√£o por alimento ou medicamento, sangue no vômito, urina, fezes, grave rea√ß√£o alérgica, febre alta permanente, convuls√Ķes, dores intensas no peito, abdômen, cabe√ßa e outros, agress√Ķes físicas e acidentes de carro, moto, atropelamento e quedas e outros.

Exemplos de casos de urg√™ncia s√£o: fraturas, luxa√ß√Ķes, tor√ß√Ķes, asma brônquica em crise, transtornos psiqui√°tricos, dor abdominal de moderada intensidade, reten√ß√£o urin√°ria em pacientes idosos, febre maior que 38 graus h√° pelo menos 48 horas, mais de um episódio de vômito em até 12 horas.

O paciente n√£o deve procurar o HGE quando tiver suspeitas de infec√ß√£o de trato urin√°rio sem sinais de alarme, suspeitas de pneumonia em paciente sem sinais de gravidade como: dispneia, desorienta√ß√£o/confus√£o mental, dessatura√ß√£o [satura√ß√£o abaixo de 92% em ar ambiente], rebaixamento de nível de consci√™ncia ou hipotens√£o, além de, cefaleias sem convuls√£o associada, sem sinais de rigidez de nuca ou febre, sem altera√ß√£o visual ou altera√ß√£o do nível de consci√™ncia, pacientes com sintomas gripais sem sinais de alarme e pacientes encaminhados para avalia√ß√Ķes eletivas.

Também s√£o entendidos como casos de urg√™ncia, pacientes para troca de sonda vesical de demora ou sonda nasogr√°stica, atendimentos a lombalgias, dores articulares e mialgias, pacientes com paralisia facial periférica [Paralisia de Bell] j√° atendidos em UPA que venham para avalia√ß√£o da neurologia, salvo quando encaminhados por suspeita de paralisia facial central, pacientes com pico hipertensivo sem sinais de gravidade, pacientes com otalgia ou encaminhados para lavagem de ouvido, condi√ß√Ķes que n√£o s√£o de urg√™ncia para avalia√ß√£o como otorrino, podendo ser conduzidas a nível de aten√ß√£o b√°sica.

UPAs – Maceió conta com as UPAs Jacintinho, Tabuleiro do Martins, Cidade Universit√°ria e Jaragu√°, construídas integralmente com recursos próprios do Governo do Estado. A capital tem, ainda, as UPAs Trapiche e Benedito Bentes, que foram equipadas pelo Estado e entregues à popula√ß√£o. Em Maceió, também est√° sendo construída a UPA Ch√£ da Jaqueira, que deve ser inaugurada no início de 2022

Fonte: alagoas.al.gov.br

Comunicar erro
EQUATORIAL ENERGIA ALAGOAS